COMPARTILHAR:

Produção de ração no Brasil cresce 0,6% e tem novo recorde em 2018

O volume representa um crescimento de 0,6 por cento na comparação com o recorde anterior, registrado em 2017, afastando preocupações de que o setor teria uma queda na produção em 2018, devido a um ano mais fraco da indústria de carnes de aves e suína.

Incluindo o sal mineral, cuja produção deve finalizar o ano com crescimento de 5 por cento, a 3,13 milhões de toneladas, a produção total do setor de alimentação animal atingiria 72,3 milhões de toneladas, alta de 0,8 por cento na comparação com 2017.

Segundo o sindicato, a expectativa para 2019 é positiva, considerando cenário favorável para ano que vem do setor de carnes e também pela projeção de uma grande safra de grãos, principal matéria-prima do setor. "Levando em conta o histórico apurado nos últimos anos e confiando na retomada econômica é possível apostar em avanço para a cadeia produtiva em 2019, já que seu desempenho é modulado sobremaneira pelo setor produtor/exportador de proteína animal", disse vice-presidente-executivo do Sindirações, Ariovaldo Zani, ao fazer um balanço do ano.